O total de pessoas que pegaram covid-19 desde o início da pandemia no Brasil alcançou 22.305.078. Em 24 horas, secretarias de Saúde de todo o país registraram 11.850 diagnósticos positivos da doença.  

Boletim covid-19 de 03/01/2022

Boletim covid-19 de 03/01/2022 – Ministério da Saúde

Ainda há 94.022.524 casos em acompanhamento, de pessoas que tiveram o quadro de covid-19 confirmado.

O país registrou ao todo 619.209 mortes por covid-19. De ontem para hoje, autoridades estaduais e municipais de saúde confirmaram 76 mortes. 

Ainda há 2.830 falecimentos em investigação, dados relativos a ontem. Essa situação ocorre pelo fato de haver casos em que o paciente faleceu, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demandar exames e procedimentos posteriores.

Até esta segunda-feira, 21.591.847 pessoas já se recuperaram da doença.

As informações estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta segunda-feira (3). O balanço consolida informações sobre casos e mortes enviadas pelas secretarias estaduais de saúde. O estado de Roraima não enviou os dados de hoje.

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras o nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, no topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão São Paulo (155.216), Rio de Janeiro (69.472), Minas Gerais (56.668), Paraná (40.891) e Rio Grande do Sul (36.445).

Já os estados com menos óbitos resultantes da doença são Acre (1.851), Amapá (2.023), Roraima (2.078), Tocantins (3.942) e Sergipe (6.058).

Vacinação

Até esta segunda-feira (3), foram aplicadas 308,6 milhões de doses, sendo 157,6 milhões como primeira dose e 134,7 milhões como segunda dose ou dose única. Outros 15,5 milhões já receberam a dose de reforço.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *