O secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, disse hoje (6) que espera que pelo menos 90% das 560 mil crianças entre 5 e 11 anos da capital fluminense sejam vacinadas contra a covid-19. A prefeitura anunciou mais cedo que a vacinação infantil começa no próximo dia 17. 

“A vacinação das crianças é fundamental. É uma das coisas mais importantes para se proteger da variante Ômicron, que se dissemina muito mais rápido e também se dissemina mais rápido em crianças”, disse o secretário, durante a inauguração do novo centro de atendimento a pacientes com síndrome gripal, no Clube Municipal do Servidor, na Cidade Nova, na região central do Rio. Nossa principal arma contra a variante Ômicron é a cobertura vacinal com a dose de reforço e a vacinação para crianças”.

Soranz reforçou que a vacina da Pfizer, a única autorizada até o momento para a faixa etária, é muito segura e já foi aplicada em mais de 14 milhões de crianças pelo mundo em países como Estados Unidos, no Canadá, na União Europeia, Israel e Austrália.

“A prefeitura do Rio tem capacidade para vacinar 130 mil crianças por dia, mas a gente vai utilizar muito menos do que a nossa capacidade instalada por falta de vacinas neste momento”, disse o secretário, acrescentando que a primeira remessa de imunizantes para as crianças está prevista para chegar no dia 13.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro divulgou nesta quinta-feira o calendário de vacinação contra a covid-19 para crianças. De 17 de janeiro até 9 de fevereiro serão imunizados, de forma escalonada, meninas e meninos de 5 a 11 anos.

Na segunda-feira, dia 17, a imunização começa pelas meninas de 11 anos. Na terça-feira (18), será a vez dos meninos de 11 anos. Na quarta-feira (19), será repescagem. A vacinação continuará em ordem decrescente de idade.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *